Dia Mundial da Pessoa com Estomia - a história do "Charlie"

Me chamo André Estrela, nascido em 1991, trabalho como Designer Gráfico e sou ostomizado definitivo desde 2010. 

Sou portador da Doença de Crohn, razão que me levou a fazer a cirurgia. Desde meu 1 ano de idade, já sofria com os sintomas da doença que permaneceu em remissão dos 2 anos até minha adolescência. Aos 13, voltaram as crises, dores, fistulas e sangramentos.

Após minha segunda internação, já era provável que precisaria efetuar a cirurgia para remoção do Intestino comprometido. Eu entrava em pânico apenas com a possibilidade de carregar uma bolsa para o resto da vida, chorava e relutava apenas pela possibilidade.

Aos 19 anos, tive minha última e mais grave crise de hemorragia, quase cheguei ao óbito na sala de emergência. E percebi que a operação era minha única opção.

Minha esposa cumpriu um papel diferencial nesse processo, após uma longa conversa, me mostrou que uma bolsa não mudaria a pessoa que eu era, não afetaria minha estética, e que principalmente, salvaria minha vida.

Quando a operação era iminente, comecei a pesquisar e entender um pouco mais sobre minha futura realidade, mas algo não parecia certo, não conseguia encontrar um manual, instruções ou quaisquer tipos de relatos de como é a rotina de um ostomizados, apenas encartes e folders ilustrativos, ensinando como manusear uma bolsa coletora e os cuidados com o estoma.

Após a operação os resultados foram rápidos. Meu primeiro contato com minha ostomia foi um choque extremamente positivo. Antes o que era um bicho de 7 cabeças, se tornara um pequeno e bonito estoma, que logo foi batizado de Charlie. 

Graças a operação, minha saúde melhorou exponencialmente, hoje não tenho sinal da Doença de Crohn em minha vida. Consegui me adaptar de uma forma tão rápida e positiva, que atualmente, levo uma vida tão normal quanto de qualquer outra pessoa.

Desde então tento colaborar com o processo de aceitação a adaptação da cirurgia e do uso da bolsa coletora, pois acredito que através da troca de experiências podemos ajudar os pacientes ostomizados e seus familiares.

Sempre procuro dividir as situações que vivi nesses 7 incríveis anos com minha AMADA ostomia, e meu grande amigo Charlie através do meu blog Ostomia em Foco

Espero que minha história possa quebrar os medos e preconceitos dos pacientes que precisaram fazer a operação por algum motivo. Não tenham medo, será apenas uma nova fase, e será muito gratificante!

André Estrela

Área do Associado